Obstáculos…

Foto tirada em um parque popular em Buenos Aires (abril/2009).

Deitada no gramado do parque observando as belezas naturais ao meu redor…


Um obstáculo entre mim e o céu!

Mudando a perspectiva…

Há muitas formas de se compor uma foto. Tudo depende da visão do fotógrafo. Uma pequena mudança na perspectiva pode mudar bastante o significado de uma foto.


 

Uma forma de mudar a perspectiva é mudar o enquadramento da foto. Tente tirar uma foto na vertical e a outra na horizontal. O que acontece?



É mais comum tirarmos uma foto horizontal pela comodidade, mas não podemos esquecer de que é possível enquadrarmos a imagem na vertical também.

Quando tiramos uma foto vertical e uma horizontal da mesma imagem, percebemos uma mudança de informação. Uma foto vertical transmite uma ideia diferente da foto horizontal, não acha?

 


Outra forma: para capturar a essência da sua experiência quando visualiza uma cena, tente adicionar mais elementos à sua foto, e brinque com a composição e a perspectiva da foto. Não se esqueça da Lei dos Terços.



X

Tente mudar o horizonte. Coloque a linha do horizonte mais para cima, mais para baixo. Será que faz diferença? Será que a foto mudou?



Algo interessante para brincar com a perspectiva é a direção para onde o objeto se move na cena. O objeto vem ou vai, carros indo para direita e carros indo para esquerda. Pessoas olhando para a direita e para esquerda. Nas imagens abaixo podemos ver melhor essa situação. Cada foto acaba passando algo diferente para nós. É possível fazer uma ligação com o passado e o futuro. Na foto à esquerda, parece que a imagem está pensando no passado e, na da direita, no futuro.


X


Mude o lado, mude a direção, mude a altura, o horizonte… e boas fotos! 

 

>> Faça seu fotolivro com o Bistrô. Clique no link e confira!

>> Não deixe de conhecer também nosso serviço de book fotográfico!

A Lei dos Terços: aprenda a compor melhor suas fotos

Mencionei essa lei no post anterior e achei que esse tema merecia um post só para ele.


O que é a Lei dos Terços?

A Lei dos Terços é uma regra básica de composição de imagem. É utilizada desde o Renascimento e é considerada imprescindível por fotógrafos, cineastas e desenhistas por permitir que você organize e agrupe os elementos da imagem de forma esteticamente agradável.

O principal erro que muitos fotógrafos iniciantes cometem é enquadrar tudo no centro. Eles sempre enquadram o foco da atenção no centro. E isso produz imagens sem graça, sem brilho, sem destaque. Com a Lei dos Terços, no entanto, você passa a ser capaz de posicionar o foco de atenção de modo que a foto fique mais interessante e agradável.

 

Como usar a Lei dos Terços?

Para começar a usar a Lei dos Terços, quando você olhar pelo visor da câmera, imagine que há três linhas verticais e três linhas horizontais dividindo a imagem. A Lei dos Terços tem esse nome porque as linhas  dividem as imagens em três partes iguais na tela. Combinando as linhas horizontais e verticais, seu campo de visão fica dividido em nove partes iguais.

Você então deve procurar posicionar o tema principal da imagem em uma das intersecções dessas linhas imaginárias verticais e horizontais. Fuja do centro, que não tem peso. Coloque o foco em um dos cantos, um dos terços das pontas. Veja como a imagem fica diferente.



De acordo com a Lei dos Terços, os melhores pontos para se posicionar um objeto ficam nas intersecções das linhas. Evite o centro, que é considerado um ponto neutro.


Muitos fotógrafos sabem como e quando fugir da Lei dos Terços, mas comece a reparar a partir de agora e veja como todos os grandes fotógrafos usam e abusam dessa regra de composição. E começe a usá-la você também. Sua fotografia se tornará muito mais interessante e estimulante se você passar a usar a regra dos terços quando enquadrar seus temas.


X


Se eu quero tirar uma foto simétrica, neste caso, sem dúvida, o objeto deverá estar no centro, mas cuidado ao colocar outros elementos que desviem a atenção ou destruam a simetria da imagem. É preferível que exista um único ponto de interesse ou um ponto de interesse dominante. Normalmente a simetria é utilizada em retratos, book fotográfico e imagens que já por si só representem uma simetria nos quatro lados.


Quando existem dois ou três elementos com a mesma força na imagem, há uma competição que leva à confusão no observador, e quem sai prejudicada é a sua composição.

Por exemplo, quando você for tirar uma foto de paisagem ou tirar foto do horizonte, evite dividir a imagem em 50% céu e 50% mar ou terra. Use 1/3 para o céu e 2/3 para o mar, e depois inverta. Enquadre 2/3 do céu e 1/3 do mar. Repare como, de um jeito ou de outro, a foto fica muito melhor do que se você tivesse dividido os elementos meio a meio.



Cada fotógrafo tem a sua forma de ver o mundo e fotografar as imagens a sua volta. A Lei do Terço é uma orientação para que sua composição fique mais interessante, mas não é uma regra inquebrável. As boas fotos simétricas têm o mesmo charme que uma boa foto que segue a Lei dos Terços. Tudo depende do objetivo do seu trabalho, a sua intenção no momento de tirar as fotos.


De qualquer forma, lembre-se sempre que na maioria das vezes, seguir a Lei dos Terços é a melhor opção.




Na figura acima podemos ver a mudança visual que acontece quando movemos o objeto para o terço. O foco central tem o seu charme, você mostra o objeto e o mostra bem. No entanto, ao usar a Lei dos Terços, você não apenas retrata o objeto, mas objeto E paisagem. E é essa composição de objeto e paisagem que torna a imagem que segue a regra dos terços mais interessante que a primeira, na minha opinião.


Veja mais algumas fotos que seguem a Lei dos Terços. Pense em como a imagem seria se ficasse centralizada, repare como elas ficam mais interessantes com o objeto deslocado do centro.










É isso! Use a Lei dos Terços e garanta boas fotos!

>> Faça seu fotolivro com o Bistrô. Clique no link e confira!

>> Não deixe de conhecer também nosso serviço de book fotográfico!